• Laila Oliveira

Procuração na compra e venda de imóvel: riscos para o comprador

O primeiro risco que você comprador corre é quanto a morte do vendedor, pois a morte do outorgante fará com que a procuração não tenha mais validade, impossibilitando que você faça o uso com o fim desejado e neste caso o comprador irá depender da boa fé e vontade dos herdeiros para a correta efetivação da transferência, devendo o imóvel ser inserido no inventário do falecido e posteriormente realizar a cessão para o comprador. O imóvel neste caso ainda terá como proprietário, juridicamente, a figura do vendedor, visto que neste caso ainda não ocorreu o devido registro da compra e venda. Com isto, caso o vendedor possua débitos, o imóvel pode ser alcançado, pois como já dito, o imóvel será considerado de propriedade do proprietário e neste caso você comprador terá uma grande dor de cabeça, pois terá que comprovar judicialmente sua propriedade com o contrato de compra e venda e podendo não ter êxito na comprovação.

3 visualizações

Web design por Nourish Conteúdo Visual