• Laila Oliveira

Como fica o Financiamento Imobiliário após o divórcio?

O divórcio, mesmo que ocorra a partilha dos bens, não muda em nada o contrato de financiamento imobiliário realizado junto ao banco, ou seja, permanecem ambos responsáveis por este contrato.


Após o divórcio, as partes podem entrar em acordo, com o consentimento do banco. Podem optar por manter as condições do financiamento, e com isto vão precisar apenas averbar o divórcio na matrícula do imóvel, mantendo-se os dois.


Ou também, podem definir que apenas um deles irá seguir com o financiamento e será responsável pelos pagamentos.


Ah, mas e se o ex casal não quiser continuar com o imóvel? A melhor opção seria vende-lo e fazer a quitação do saldo devedor junto ao banco.


O regime de bens do casal não irá influenciar?Sim! A depender do regime, podem ter algumas alterações.


Importante relembrar, que tudo deve ser feito com o consentimento do banco.

Web design por Nourish Conteúdo Visual